rioecultura rioecultura
Facebook Twitter Pinterest Picasa Instagram
EXPOSIÇÕES EVENTOS LOCAIS CULTURAIS COLUNISTAS ARTIGOS MATÉRIAS NOTÍCIAS INSTITUCIONAL COLABORADORES CONTATO
TRANSLATE THIS WEBSITE
ESPAÇOS DE CULTURA
esse é o local que você escolheu
VOLTAR
[Museu]
Museu Casa de Benjamin Constant

Endereço:
Rua Monte Alegre, 255
Santa Teresa - Rio de Janeiro / RJ
CEP 20240-190
Telefone:
(21) 3970-1168 / 3970-1177
website:
www.iphan.gov.br
Funcionamento:
de 2ª a 6ª feira, das 8h ás 17h
sábados e domingos, das 13h às 17h.
Ingresso:
R$2 (Entrada franca às quartas-feiras)
gratuidade também para estudantes, crianças até 12 anos e adultos acima de 65 anos.
compartilhe
EXPOSIÇÕES EM CARTAZ
Exposição de Percurso
até: Exposição de longa duração - sem data de término


- NÃO HÁ AGENDA DE EVENTOS
UM POUCO DA HISTÓRIA
O museu funciona na casa localizada na chácara onde viveu Benjamin Constant Botelho de Magalhães, como professor da Escola Militar da Corte. Há uma área arborizada de mais de 10 mil metros quadrados circundando o museu.

Sua missão é divulgar a vida e obra de seu patrono, assim como o contexto político, econômico e social em que viveu, através de pesquisa e atividades educativas, culturais e de lazer.

Um pouco sobre a história
O Decreto nº 6 de 29 de agosto de 1891, “autoriza o Presidente da República a despender a quantia necessária com a aquisição, para o estado, da casa em que faleceu Benjamin Constant”. O imóvel foi comprado em 19/02/1982, ficando em usofruto da viúva Maria Joaquina, e com a morte desta, em usofruto de sua filha solteira Aracy. Em 2/4/1958, através de parecer de Carlos Drummond de Andrade, o imóvel é tombado pelo IPHAN. Com a morte de Aracy, em 1961, o General Pery Constant Bevilaqua, neto de Benjamin Constant, dá início ao processo de devolução do bem tombado à União, que foi colocado sob a guarda do IPHAN. Em 1973, deu-se início à organização do museu que foi aberto ao público em outubro de 1982.

Um pouco sobre acervo
O acervo foi doado por descendentes de Benjamin Constant, sendo o maior doador seu neto Pery Constant Bevilaqua. O museu recebeu, ao longo do tempo, pequenas doações do bisneto Affonso de Escobar Bevilaqua e de outros doadores.

Como chegar
- Bonde - ainda sem previsão
- Ônibus – linha 214 – Paula Mattos – Ponto na Rua Almirante Barroso em frente ao Largo da Carioca.

Pesquise no Rio&Cultura - by Google

ESPAÇOS DE CULTURA
relação de locais culturais

  Museus
  Centros Culturais
  Galerias de Arte
  Igrejas Históricas
  Parque e Jardins
  Patrimônio Histórico
  Bibliotecas
  Cinemas Cuturais
  Teatros
  Mapa de pontos culturais
EXPOSIÇÃO
destaque

rioecultura : EXPO Achados da Leopoldina: Arqueologia Urbana na Era Digital : Museu Histórico Nacional (MHN)
Achados da Leopoldina: Arqueologia Urbana na Era Digital
Relação completa de Exposições
Divulgue
  voltarsubir
© Copyright 2008-2013 Rio&Cultura
SIMETRIA Arte e Comunicação desenvolve este site

Clicky Web Analytics
Rio&Cultura