locais culturais
Convento e Igreja de Santo Antônio
rioecultura : Convento e Igreja de Santo Antônio
Compartilhar
Convento e Igreja de Santo Antônio
Classificação: Igreja Histórica
Endereço: Largo da carioca, s/nº
Centro - Rio de Janeiro / RJ
CEP 22000-000
Telefone: (21) .
website: .
Funcionamento:
Não informado
Ingresso: Não informado
Atenção: os horários e a programação podem ser alterados pelo local sem aviso prévio. Por isso, é recomendável confirmar as informações antes de sair.
EM BREVE DISPONIBILIZAREMOS O MAPA.
CONHEÇA MAIS

Fachada: A atual fachada é resultado de uma ampliação da igreja no século XVIII e de uma reforma na década de 20 desse século, quando foram inseridos elementos neocoloniais. A igreja não possui torres. Uma platibanda com três arcadas dá um toque peculiar à fachada de alvenaria, com finas pilastras de cantaria encimadas por coruchéus. O frontispício é terminado por singelas formas sinuosas de cantaria. Os sinos estão instalados em arcadas duplas, no telhado do convento, próximas do beiral. No pórtico, encontra-se um nicho de granito com a imagem de Santo Antonio do Relento.

Interior: A igreja não possui altares e capelas laterais, tradição da arquitetura franciscana. A decoração barroca está concentrada na capela-mor, inteiramente recoberta de talha dourada. Os altares possuem arquivolta e datam do início do séc.XVIII, apresentando folhas de acanto, cachos de uvas, folhas de parreiras e meninos. A base da talha da capela-mor é vermelha, enquanto que a dos altares laterais e do púlpito é azul. A nave apresenta ainda grandes pinturas com cercaduras de talha, retangulares e octogonais. Os 16 painéis pictóricos do teto e das laterais da capela-mor destacam-se da talha por seu fundo escuro.

Planta: Nave única, capela-mor com tribunas e teto abobadado com clarabóia, coro e dependências.

CRONOLOGIA

1592 - Chegam ao Rio os primeiros frades franciscanos.
1607 - Os frades recebem doação do terreno do convento, localizado no Morro do Carmo, que passa então a se chamar Morro de Santo Antonio.
1608 - Pedra fundamental do convento. (Projeto: frei Francisco dos Santos).
1615 - Celebração da primeira missa na igreja do convento.
1617/28 - Conclusão da igreja.
1619 - Construção da Capela da Imaculada Conceição.
1620/24 - Execução dos retábulos.
1629/30 - Douramento dos retábulos.
1653 - Reconstrução da Capela da Imaculada Conceição.
1696 - Segundo projeto do convento, por Francisco da Porciúncula.
1701 - um alpendre é acrescentado à igreja.
1710 - Construção da Capela da Porciúncula, no claustro. A imagem de Santo Antônio recebe a patente de capitão de infantaria por ter inspirado uma reação ao ataque dos corsários franceses.
1714 - Construção da sacristia.
1748 - Obras de ampliação do convento.
1761/64 - Construção da Capela do Ecce Homo, no claustro.
1773 - Construção da Biblioteca e da Capela de Jesus, Maria e José (claustro).
1777 - O pórtico recebe a imagem de Santo Antônio do Relento.
1810 - D.João VI promove à sargento-mor a imagem de Santo Antônio.
1814 - A imagem de Santo Antônio é promovida a tenente-coronel.
1910 - 17 famílias que viviam nos terrenos do convento são desalojadas e têm suas casas demolidas. Com o material resultante da demolição, é construído o muro na parte sul.
1920 - Reconstrução da fachada, em estilo neocolonial.
1932 - O órgão barroco de 1758 é substituído por outro.
1936 - Construído o Mausoléu Imperial.
1953 - Segunda restauração do Convento.
1954 - Construção do túnel.
1984 - Terceira restauração do Convento.

PATRIMÔNIO

- Imagem de Santo Antônio (capela-mor)
- Imagem de São Francisco (lado da Epístola)
- Imagem da Imaculada Conceição (1620/30) - lado do Evangelho
- Pinturas da capela-mor - episódios da vida de Santo Antônio. Anônimos (oito no teto e oito nas paredes)
- Pinturas do arco-cruzeiro (séc.XX)
- Bustos dos santos franciscanos mártires (1597) - balaustrada do coro
- Retábulos barrocos da nave
- Órgão alemão de 1932 - do original, em estilo barroco, de 1758, só restaram os seis anjos que adornam as caixas.
- Confessionários - com delicados trabalhos em madeira.
- Pinturas da capela-mor - com cercadura de talha, contando a vida de Santo Antônio
- Anjos com Luminárias (dois)
- Púlpito em madeira
- Imagem de Santo Antonio do Relento - oratório em nicho de granito, no exterior

SACRISTIA
- Pinturas maiores (cinco) do teto - cenas da vida de Santo Antônio
- Pinturas menores (doze) - paisagens e emblemas de Santo Antônio
- Painéis de azulejos (séc.XVII) - cenas da vida de Santo Antônio
- Arcaz (1745) - cenas da vida de Santo Antônio
- Piso de mármore de Extremoz
- Lavabo de mármore português com a estátua da Pureza

Claustro
- Capela da Porciúncula
- Capela de N.S.das Dores
- Capela de São Joaquim
- Capela do Ecce Homo - com imagem de N.S.da Conceição
- Capela de Jesus, Maria e José
- Nicho com imagem de Cristo Crucificado
- Nichos com representações do nascimento e morte de São Francisco

Mausoléu Imperial
- Túmulos de d.João Carlos Barromeu (filho de d.Pedro I e d.Leopoldina), de d.Antonio Afonso e d.Afonso (filhos de d.Pedro II e d.Teresa Cristina) e o antigo esquife de d.Leopoldina.


- NENHUMA EXPOSIÇÃO EM CARTAZ

- NÃO HÁ AGENDA DE EVENTOS