locais culturais
Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira - MUHCAB
rioecultura : Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira - MUHCAB
Compartilhar
Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira - MUHCAB
Classificação: Museu
Endereço: Rua Pedro Ernesto, 80
Gamboa - Rio de Janeiro / RJ
CEP 20220-350
Telefone: (21) 2233-7754.
website: rio.rj.gov.br
Funcionamento:
de terça a domingo, das 10h às 17h
Ingresso: gratuito
Atenção: os horários e a programação podem ser alterados pelo local sem aviso prévio. Por isso, é recomendável confirmar as informações antes de sair.
CONHEÇA MAIS

O prédio foi construído para abrigar uma das primeiras escolas públicas da cidade, atendendo a uma solicitação de D. Pedro II, erguido em homenagem ao patriarca da Independência José Bonifácio, na zona portuária do Rio de Janeiro. O ginásio foi posteriormente extinto e o prédio permaneceu desocupado até março de 1977, quando a Biblioteca Popular Municipal da Gamboa foi instalada no palacete histórico. Em 1994, passou por uma grande reforma. Foram instaladas esculturas de inspiração africana e as diversas unidades do centro receberam nomes de personalidades-símbolos da cultura afro-brasileira.

No início do Séc XXI, o espaço se tornou o Centro Cultural Municipal José Bonifácio, que funcionava como sede do Centro de Referência da Cultura Afro-brasileira, único no gênero na América Latina. Passou alguns anos fechado e foi reaberto em 2023 como Museu da História e da Cultura Afro-brasileira. Este quer fazer ouvir vozes silenciadas, narrando a história por seus protagonistas.

O MUHCAB foi definido como um museu de tipologia híbrida: museu de território, museu a céu aberto, de responsabilidade social e museu histórico, situado na Pequena África, tendo como marco zero o Cais do Valongo, Patrimônio Mundial, formado por 2 elementos chave:

1. MUHCAB | Centro de Referência Afro-Brasileiro e Afro-Atlântico – Escola José Bonifácio;

2. MUHCAB | Museu a céu aberto / rota histórico-interpretativa pelo território, como um museu vivo, com camadas materiais e imateriais, e dinamizado por suas inter-relações histórico-sociais, entre passado e presente, que estão em constante transformação.


- NENHUMA EXPOSIÇÃO EM CARTAZ

- NÃO HÁ AGENDA DE EVENTOS

EXPOSIÇÃO EM MEMÓRIA
[o que passou por aqui e não está mais em cartaz]
O refluxo da diáspora