rioecultura rioecultura
Facebook Twitter Pinterest Picasa Instagram
EXPOSIÇÕES EVENTOS LOCAIS CULTURAIS COLUNISTAS ARTIGOS MATÉRIAS NOTÍCIAS INSTITUCIONAL COLABORADORES CONTATO
TRANSLATE THIS WEBSITE
Artigos
voltar

I SEMINÁRIO OI FUTURO: Mediação em museus: arte e tecnologia
I SEMINÁRIO OI FUTURO: Mediação em museus: arte e tecnologia
Postado na data de 06.11.12
compartilhe
Por Alex de Abreu

Nessa última semana houve a realização do 1º Seminário Oi Futuro sobre Mediação em Museus: arte e tecnologia, no OI Futuro Flamengo.

No primeiro dia, 30 de outubro, na primeira mesa de discussões, os palestrantes Cayo Honorato (Professor e Pesquisador da Escola Guinard, da Universidade do Estado de Minas Gerais e Doutor em Educação e Filosofia, pela Universidade de São Paulo) e Stela Barbieri (Curadora da Fundação Bienal de São Paulo e Diretora da Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake) expuseram a importância do conhecimento sobre o acervo dos museus e o controle de memórias e as problemáticas em torno da mediação como as frustrações, as inseguranças e o cansaço daqueles que se envolvem em um trabalho de Programa Educativo, destacando como pontos mais fortes deste, a inclusão social e o intercâmbio com artistas, professores, estudantes, comunidade e os diversos profissionais envolvidos nesse sistema.

Também foi destaque nessa primeira mesa, a preocupação com a formação de mediadores (identidade, sujeito e função) na medida em que o processo de mediação envolve competição no mercado, logo é seletivo e em como alcançar um bom resultado num território inclusivo e colaborativo que envolve várias áreas do conhecimento.

rioecultura - ARTIGO: I SEMINÁRIO OI FUTURO: Mediação em museus: arte e tecnologia

Diferentemente do Professor Cayo Honorato, a Educadora Stela Barbieri propôs uma apresentação nos moldes de um “bate papo” em que os participantes foram convidados a expor entendimentos particulares a partir de um vídeo em que se mostravam ferramentas de trabalho e suas diversas utilidades e finalidades.

Na segunda mesa, presentes o ICOM Brasil (The International Council of Museums), representado por sua presidenta, Maria Inês Mantovani, o IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus), representado pela Professora Júlia Moraes, docente da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UNIRIO e a Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, representada pela Superintendente de Museus do Estado, Mariana Várzea. O objetivo dessa mesa foi destacar as Políticas Públicas de Educação em Museus.

Enquanto Maria Inês Mantovani (ICOM Brasil) reforçou a importância da socialização da cultura através do trabalho de mediação em Museus, Mariana Várzea (Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro) ponderou que há a necessidade, antes de tudo, de se rever o trabalho da Educação Museológica nos três níveis de Governo em razão da limitação do entendimento de mediação em Museus apenas como um complemento temático educacional.

Além de expor suas críticas, Mariana Várzea destacou o Plano Estadual da Cultura, constante no site www.cultura.rj.gov.br e o trabalho realizado pela Secretaria de Cultura do Estado na cidade de Quissamã, onde hoje existe um Circuito de Museus Estaduais com a proposta de fomentar a cultura na região.

Encerrando o primeiro dia de debates, a Professora Júlia Moraes apresentou o Programa Nacional de Educação Museal -PNEM, como parte da Política Nacional de Museus, implementada no ano de 2003, pelo Governo Federal, através da Lei 11.904 (Estatuto de Museus e Educação).

Júlia Moraes destacou o foco da legislação de educação museológica atrelada ao Turismo, a interdisciplinariedade do Programa, os eventos que fazem parte dessa articulação como, por exemplo, a Semana Nacional de Museus e a Primavera dos Museus e, também, o Caderno de Educação Museal e o Programa de Formação e Capacitação em Museologia.

No segundo e último dia de seminário, 31 de outubro, foi apresentado aos participantes as ações do Programa Educativo do OI Futuro Flamengo, com a disponibilização de atividades em todos os andares do prédio da Instituição anfitriã. No auditório de palestras, com a mesa sobre Arte e Tecnologia, María Eugênia Salcedo (Gerente de Coordenação Pedagógica do Instituto Inhotim) e Ialê Cardoso (Coordenadora do Núcleo de Ação Educativa do Museu do Futebol) apresentaram os projetos a qual fazem parte como forma relatar um pouco das experiências vividas.

rioecultura - ARTIGO: I SEMINÁRIO OI FUTURO: Mediação em museus: arte e tecnologia

Essas duas instituições enfatizaram o avanço da tecnologia, que pode ser aproveitado de forma positiva nos Museus com um propósito de resolução de problemas, agregando a mediação como agente transformador de tecnologias invisíveis.

De grande utilidade foi a descrição do trabalho realizado no Instituto de Arte Contemporânea e Jardim Botânico – INHOTIM, na cidade de Brumadinho-MG (com manifestações artísticas de todos tipos e formas), em que o visitante tem um Museu a “céu aberto” à sua disposição. Nessa cidade do interior mineiro, o trabalho em conjunto com orientadores e educadores serve de modelo para qualquer outra Instituição que pretende mediar projetos educacionais utilizando-se de ferramentas tecnológicas disponíveis.

Ialê Cardoso, do Museu do Futebol, apresentou o projeto “Deficiente Residente” em que os próprios educadores com necessidades especiais recebem os seus, e o aprendizado vem da parte daquele que vivencia a deficiência, algo pioneiro em nosso país.

Com relatos de experiências dos profissionais que atuam no Programa de Educação Continuada do OI Futuro Rio de Janeiro e OI Futuro Belo Horizonte, finalizou-se esse primeiro seminário, onde as parcerias com as Escolas Públicas das duas cidades foram apresentadas aos participantes do evento como um grande sucesso nas distintas realidades de vida.

De grande valia foi a iniciativa do OI Futuro, possibilitando um evento com alta qualidade de discussões e a ampla participação dos inscritos no evento, podendo-se dizer que o comprometimento de todos os profissionais envolvidos nessa inovadora modalidade de mediação, com certeza, contribuiu para o fortalecimento de um grande trabalho que ainda tem muitos desafios pela frente.
compartilhe   |  Comentar   |  Ler Comentário
[subir]
Relação de Artigos

MATÉRIA
destaque

rioecultura : MATÉRIA Museu Marítimo do Brasil integrará o circuito cultural da orla portuária do Rio de Janeiro
Museu Marítimo do Brasil integrará o circuito cultural da orla portuária do Rio de Janeiro
Relação completa de Matérias
EXPOSIÇÃO
destaque

rioecultura : EXPO Exposição de Percurso : Museu Casa de Benjamin Constant
Exposição de Percurso
Relação completa de Exposições
cadastre-se Divulgue
BIBLIOTECA
livro indicado

Livro: Rio de Janeiro, Século XIX - Cidade da Ópera
Editora: Garamond

Relação completa de Livros
EVENTOS
destaque

Relação completa de Eventos
 

Seu nome:

Comentário:

ATENÇÃO
Verifique o texto antes de enviá-lo, pois não será possível modificá-lo ou apagá-lo após o registro.



Seja o Primeiro a comentar!

Dados do(a) amigo(a):
Nome:
E-mail:
Mensagem para o(a) amigo(a):
 
Seus dados:
Seu nome:
Seu e-mail:
  voltarsubir
© Copyright 2008-2013 Rio&Cultura
SIMETRIA Arte e Comunicação desenvolve este site

Clicky Web Analytics
Rio&Cultura